top of page
familia-1080x570.png

Constelação Familiar

O que é?

A Constelação familiar é uma prática terapêutica que busca resolução de conflitos familiares que atravessam gerações.
Num primeiro olhar, a técnica se assemelha ao psicodrama, devido a dramatização de situações e da psicoterapia breve, pela ação rápida.
A dinâmica pode ser feita em grupo ou individualmente.
Durante a sessão, são recriadas cenas que envolvam os sentimentos e sensações que o constelado sente sobre sua família.

Constelação Familiar: Service
constelacao-familiar-sistemica-conheca-essa-abordagem-terapeutica.jpeg

Em Grupo

Nas sessões em grupo, são os voluntários e participantes que representam os familiares nestas cenas.

Constelação Familiar: Imagem
evento-68264-banner.jpeg

Individual

As sessões individuais podem ser realizadas entre o cliente e o terapeuta, usando esculturas de bonecos ou quaisquer outros recursos disponíveis, para representação dos familiares em questão.
O atendimento individual é, da mesma forma, muito assertivo e direta.

Constelação Familiar: Imagem

Origem

A Constelação Sistêmica Familiar foi criada por Bert Helinger.
De origem alemã, Helinger aos 10 anos foi seminarista da igreja católica, aos 17 foi à guerra, e aos 20 se tornou padre.
Como missionário, foi à África do Sul e conviveu em uma tribo zulu.
Já de volta a Alemanha, estudou terapia gestalt e tornou-se psicanalista.
Ao longo da sua vida como psicanalista, Helinger observou que as famílias repetiam padrões, e esses padrões vinham de gerações passadas.
Esses antepassados vivenciaram algo, que as pessoas na atual geração os repetiam.
Percebendo essas situações, ele estabeleceu e descreveu as três grandes necessidades do ser humano:
·         Pertencer: a um grupo ou clã (também chamado de primeira lei do amor). O pertencimento. Todos têm o direito de pertencer.
·         Equilíbrio de troca: trata-se o equilíbrio de dar e receber das relações. Se você se entrega demais a uma pessoa, você pode endividá-la. Se você entrega de menos, você também desequilibra essa relação.
·         Hierarquia. Também chamada de lei da ordem, trata-se de respeitar quem veio antes.

BertHellingerConstelaçãoFamiliarConstelaçãoSistêmicaMariaFortunato_edited.jpg
Constelação Familiar: Imagem
Grupo1_edited.jpg

Como funciona

A partir de um tema que o cliente traz para a sessão, o terapeuta irá olhar o que está por trás de determinada situação, é o que chamamos de além do aparente.
Algo que a impeça de avançar, que incomoda demasiadamente, que a tire do prumo, que a faz perder a paciência é o start para que comecemos a olhar o que está pelo campo morfogenético.
Esse campo foi descrito por Rupert Sheldrake, que utiliza da física quântica para conseguir identificar os traumas que a nossa ancestralidade passou.
Esse processo fica registrado em uma frequência e na Constelação, nós acessamos essa frequência (que nada tem a ver com espiritismo). É tudo baseado na ciência e na física.
E a partir desse campo, nós nos conectamos às informações, e nesse momento o facilitador consegue identificar o problema que a pessoa trouxe e o que está por detrás, vem à tona.
Portanto, toda Constelação Sistêmica Familiar está baseada nas três necessidades descritas por Bert Helinger: Pertencimento, Equilíbrio de troca e Ordem.

Constelação Familiar: Imagem

Facilitadora

Fatima.jpeg

Maria de Fátima Oliveira

Enfermeira por Formação - formações em O Practitioner em PNL Reprogramação Biológica e Constelação Familiar Sistêmica.

Constelação Familiar: Nossa equipe
bottom of page